• Multioffice Escr. Virtual

Como a Nestle nos fez aprender algo com a sua mudança de estratégia. Vale a lição!



A Multinacional Nestlé nos fez aprender algo com a sua mudança de estratégia. Tire isso como uma lição para qualquer empreendimento. Começou com o nome de Lollo, tempos depois passou a se chamar Milkybar, voltando novamente a se chamar Lollo: isso foi simplesmente a grande prova de quando não se tem uma estratégia bem definida, pois fatores assim, faz toda a diferença em qualquer projeto. Vejamos: Olá, como vai você caro leitor, somos o Mr. Empreendedor e através da empresa Multioffice Escritório Virtual estamos trazendo mais um belo exemplo que, sem dúvidas, será muito útil para qualquer empreendedor, pois sabemos da importância do empreendedorismo para o Brasil. Bem, certamente você e muitas outras pessoas que tem trinta anos ou mais, deve ter lembranças, e de certa forma até vibrado quando na época descobriu que o famoso chocolate Milkybar, da Nestlé, iria voltar a se chamar Lollo novamente, inclusive com direito a vaquinha na embalagem e tudo. Afinal, tratava-se de um clássico consolidado no mercado desde os anos 80. O detalhe, o produto se estabeleceu imbatível nas vendagens, não tinha outra que se quer igualasse a ela, até que num certo dia a empresa suíça, através dos seus estrategistas, deu a ordem de mudar tudo: desde nome, posicionamento, embalagem etc. Pois bem, qual foi o resultado desse processo de mudança? Num período de vinte anos, o Milkybar praticamente não existia mais no mercado brasileiro. Finalmente, até que, no ano de 2012, a companhia tomou a decisão de relançar o chocolatinho que outrora tinha caído no gosto de muita gente. Aliás, precisa de um orçamento agora para ter seu escritório Virtual? Aqui está o link direto? Atualmente, a empresa já tem avaliação, que pode até recuperar o pique nas vendas que foram perdidas durante esse período. Existem inúmeras situações bastante parecidas no mercado, ou seja, empresas de todos os portes e setores que são exemplos, onde mostram fatos como, antes de se lançar em qualquer mercado, é extremamente fundamental ter uma estratégia bem definida. Sobretudo, quando trata-se de um empreendimento em início de suas operações, pois concordamos que certamente ela não terá a mesma força da Nestlé para ir em busca do prejuízo.Independente do setor, é certo a questão da estratégia ser crucial no bom andamento de um novo negócio. Se analisarmos bem, existem diversos exemplos no mercado de erros clássicos onde compromete negativamente a gestão, mesmo antes dela iniciar. Um desses erros é fechar o modelo de negócios sem ao menos ter estabelecido uma estratégia no mínimo eficiente. Casos assim por exemplo, é muito comum nas startups, pois em certos casos, desenvolvem um produto, criam o modelo e só então iniciam o planejamento da parte estratégica que visa lançá-lo e posicioná-lo. Isso seria igual a colocar o carro na frente dos bois – uma ingenuidade que, guardadas as devidas proporções, foi devidamente ilustrado anteriormente pelo exemplo do Lollo. Devemos entender ainda, quando criamos um determinado produto ou um reposicionamento do mesmo, necessariamente não significa lançá-lo. Significa, no máximo, que seu empreendimento chegou a um estágio onde o produto apresentado é bem recebido pelo consumidor em potencial. E ainda pode até parecer o bastante para o processo criativo entendendo o modelo de negócio, mas não se iluda, não é. E agora? não tenho nenhuma ideia por onde dar início…Tudo bem, devemos entender também que isso faz parte da normalidade. No entanto, algumas poucas perguntas básicas a qual você pode fazer para conseguir orientação ao início do planejamento. Seria: Quem somos nós? Qual a nossa missão no mercado? Qual a relevância do nosso negócio em relação ao mercado? E aonde queremos chegar com o projeto? Quem faz parte do planejamento? Quem vai participar de forma importante nas análises que definirá os caminhos do empreendimento? Devidamente destrinchadas as respostas e também já definidos os papéis, é chegado o momento de juntar todas as informações para você passar a ter uma ampla visão do mercado. Nesse estágio Você passará a conhecer todos os recursos no que se refere à análise mercadológica, crescimento e desenvolvimento de pessoas/funcionários, concorrentes e às áreas de mercados a serem muito bem exploradas. Então, se você, com base em estudos de mercado já organizou sua estratégia e a considera efetiva, isso é bom. Mas não caia na doce ilusão achando que pode contar com ela para todo o sempre. Afinal de contas, já diz a velha e boa expressão que “camarão que dorme, a onda leva”; e isso é super válido para qualquer tipo de empreendedorismo. Sobretudo quando uma estratégia pode se confirmar efetiva apenas por algum tempo, e não para sempre. Nesse ponto é necessário se reinventar, renovar, buscar, atualizar… enfim, tem que ter sede de inovação. É importante observar a existência de várias situações em que estratégias bastante sólidas levaram a inovações bem-sucedidas. Tem inclusive um caso da Kibon, por exemplo, que instalou uma loja em São Paulo no qual todo consumidor pode optar pelos ingredientes desejados e ficar acompanhando todo o processo, na hora, de preparação de seus próprios picolés. Então essa sacada simplesmente reproduz a valorização estratégica da Cia. Unilever em suas lojas conceitos. O maior objetivo é o de reforçar cada vez mais o nome dos produtos junto ao consumidor, sobretudo em períodos extremamente favoráveis de consumo. Como o verão, por exemplo. Pretende dar início ao um negócio, parabéns e vá em frente! Contudo, o sucesso não vem apenas pela vontade, garra e determinação, é necessário e prudente tem juntos a esses ingredientes outros elementos para fazer a receita ficar boa e ter sustentabilidade. É normal a gente começar um empreendimento querendo alcançar o topo, só não é aconselhável percorrer esse caminho de forma atabalhoada, sem noção, na base do achismo e na força do braço. Pois o mercado de empreendedores não existe espaço para aventuras e sim para estratégias bem definidas conforme dito anteriormente.Temos a certeza que em muitos lugares do nosso Brasil existem muitos que sonham começar um empreendimento. Todavia, devemos atentar para expressão “ideia boa mal executada”, tenha muito cuidado para não ser mais um com uma promissora ideia mas que não conquistou seu espaço por conta da execução mal sucedida.

Pra frente e avante, mas com planejamento!

Orçamento para diminuir seus custos com escritório? Este é o link!

http://www.multioffice.com.br

Somos empresa associada a ANCEV - Associação Nacional de Coworking e Escritórios Virtuais.

#escritóriovirtual #empreendedorismo #iniciarumnegócio #pequenaempresa #pequenonegócio #coworking #baixarcusto

ANCEV Associação Nacional de Coworking e Escritórios Virtuais

© 2018 - Multioffice Escritório Virtual | Rua Silveira Lobo, 32 - Casa Forte - Recife - PE | CEP: 52061-030