Blog Multioffice Escritório Virtual
  • Multioffice Escr. Virtual

Home Office, Coworking, Escritório Virtual ou alugar Sala? Um guia que pode lhe ajudar na escolha.


Um guia definitivo para aqueles que querem um espaço ideal para as operações da empresa.


Como escolher o melhor formato de escritório compartilhado para construir e expandir seus negócios.


Olá, somos o Multioffice Escritório Virtual, oferecemos serviços de escritório que engloba: salas prontas para reuniões, escritório privativo e coworking.


Também disponibilizamos endereço fiscal, endereço comercial, local privilegiado e de fácil acesso, estacionamento, recepção, serviço de copa, atendimento telefônico personalizado e toda a experiência de anos de atuação.


ECONOMIZE ATÉ 70% ou 80% com nossos serviços de escritório em que empresas, startups, associações, cooperativas, ONGs e profissionais podem confiar. Consulte mais informações agora e descubra como podemos ajudar o seu empreendimento a crescer.


Procura ajuda para escolher o espaço ideal para o seu negócio? A decisão precisa ser tomada com calma. Uma escolha errada no formato do seu escritório e isso pode te dar muita dor de cabeça no futuro.


Com a popularização de trabalhos que podem ser realizados online e os profissionais buscando cada vez mais opções alternativas de trabalho, ganham visibilidade como coworking, escritório virtual e home office.


Mas como decidir qual alternativa é a mais adequada para cada perfil? Para ajudar a resolver esse enigma, o Multioffice Escritório Virtual mostra neste guia. Salve nos favoritos e conte aos seus amigos, parceiros e colegas.


Índice:


Home office, mi casa es su casa?

Espaços de coworking, a verdadeira sharing economy?

Quanto custa cada opção de espaço?

Como escolher o espaço de trabalho ideal?

Interesse das pessoas nos últimos 3 anos

Resumindo e falando sobre imparcialidade


Escritório em casa (ou home office)

é a solução mais simples para aquelas pessoas que não querem trabalhar dentro de um escritório tradicional o dia todo ou simplesmente fazer um negócio paralelo.


Questões como flexibilidade de horário, possibilidade de acesso à televisão, sofá e cama para fazer pausas, além da economia de tempo são os principais atrativos. A dificuldade está nos aspectos mais comportamentais, pois não é fácil seguir a rotina de trabalho com as opções de conforto disponíveis.


Benefícios:


- Sem trânsito -

Com um home office você levanta, anda alguns passos e já está no ambiente de trabalho. Não há necessidade de usar transporte público lotado, pegar engarrafamentos, gastar com gasolina e manutenção do carro ou estacionamento. O tempo gasto no deslocamento também é econômico. Estima-se que cidade como grandes centros no Brasil, mais de 5,5 milhões de profissionais gastem em torno de 2h21 por dia para chegar ao local de trabalho.


Você nunca pensou que duas horas por dia podem ser feitas?


Na rotina de uma sexta-feira, é como se você tivesse 47 horas para fazer uma segunda-feira para uma pessoa, o que é mais do que uma semana de trabalho para quem trabalha 8 horas por dia.


- Roupas mais informais -

O código de vestimenta das empresas pode ser muito desconfortável para os funcionários. Especialmente no verão, usar terno e gravata (ou jeans) não é muito confortável.


Trabalhando em casa, você pode usar uma roupa que gosta ou não usar. São necessários apenas dois cuidados.


A primeira é que a preparação para a videoconferência não leva bem o pijama.


A segunda é que muitas pessoas precisam se vestir como se fossem sair de casa para sentir que começaram a funcionar. Nesse caso, roupas mais confortáveis ​​podem fazer com que você associe o tempo em casa ao lazer.


- Comida mais saudável e barata -

Por ser possível manter uma alimentação saudável no trabalho para casas naturais com marmitas e restaurantes, é muito mais fácil e econômico cozinhar sua própria comida. Para que o almoço de preparação das refeições não interfira na sua produtividade, vale a pena reservar um tempinho no final de semana para preparar todas as refeições e você só poderá comê-las na hora.


Outra possibilidade é esse momento na agenda como um momento para relaxar no meio do trabalho e usar a cozinha como uma oportunidade para mudar o foco.


- Possibilidade de cuidar melhor de crianças ou PETs -

Alguns espaços de coworking e escritório virtual já permitem que os colaboradores levem seus filhos e até pets para o escritório. Mesmo assim, pode não ser saudável carregar uma criança pequena ou animal para lá e para cá. Estando por perto, você pode acompanhar a comida e desfrutar da companhia deles.


- Economia em aluguel, instalações e manutenção -

Como você não precisa sair de casa todos os dias, pode economizar um pouco com o transporte público. Além disso, a estrutura base do seu espaço de trabalho já está lá. Você tem um teto e luz e internet já segura e paga.


Considere cuidadosamente:

- Economia em aluguel, instalações e manutenção -

Ao mesmo tempo, trabalhar em casa aumenta alguns custos, principalmente a eletricidade. Se você mora em cidades muito quentes no verão, é provável que use ar condicionado para trabalhar confortavelmente. Isso gera uma mudança radical na conta de luz.


Outros custos indiretos também começaram a aparecer. Você precisa de uma cadeira mais confortável Talvez uma mesa precise mais de uma cadeira. De repente também melhorando o plano de internet para atender videoconferências sem deixar o cliente na mão.


- O problema da concentração -

Por mais que todos os elementos que mencionamos agora sejam maravilhosos, o mais difícil para quem trabalha em casa é manter a concentração. Imagine que você tem um projeto difícil de entregar, e seu projeto descritivo de estimação lhe dá aquela aparência piedosa.


Impossível resistir. E se o tempo de preparo da refeição for igual quando você descobrir uma nova possibilidade de receita?


E aqueles sons que ajudam a deixar você revigorado, mas que vão de 20 minutos a 2 horas?


Em um lugar com tantos estímulos familiares, estamos acostumados a entender a casa como um espaço de diversão e prazer.


- Quando é a hora de parar de trabalhar? -

Se mesmo trabalhando em uma empresa tradicional é difícil resistir àquele e-mail que chega às 21h, já imaginou morar no seu escritório?


Além disso, quando o trabalho tem um tempo fixo para terminar, é mais difícil continuar trabalhando por longos períodos. O caso se torna ainda mais complicado quando você é freelancer e tempo significa literalmente dinheiro.


Quanto mais você produz, mais você ganha. Uma rotina em que você pode ter uma sala separada para o home office e organizar sua rotina de forma que as pessoas que moram com você respeitem o horário de trabalho. Com isso, será estabelecido como os horários de início e término se tornam mais viáveis.


- A hora do café nunca mais será a mesma -

Como a rotina do escritório às vezes é demais, você pode iniciar relacionamentos. É hora do café, da diversão de bater um papo com os colegas do outro setor e preparamos o churrasco de fim de ano da empresa. Mãos daqueles 15 minutos de conversa fiada com os colegas às vezes é mais difícil do que parece.


- O problema da manutenção -

Se sua internet cair, o vizinho resolver trabalhar, ou a campainha não parar de tocar, o problema é sempre seu, não do seu cliente. em home office também é fazer um contínuo para que tudo esteja sempre funcionando perfeitamente no estado e não atrapalhe seu esforço do dia a dia.


Leia também:

Empreender é uma tendência global - Veja como o Multioffice Escritório Virtual pode ajudar


Escritório Compartilhado (Coworking)

Coworking é um escritório compartilhado onde profissionais de diferentes áreas podem compartilhar o espaço de trabalho.


Popular entre os profissionais ou ligados a empresas com perfil livre, como startups, também há fãs de setores mais tradicionais, incluindo grandes empresas.


As colaborativas apoiam a criação de redes de trabalho, salas para assembleias gerais e encontros de espaços de convívio, muitas também na criação de redes de contatos, promovendo o networking. Os preços costumam mostrar que os escritórios são mais virtuais ou alugados para seu próprio espaço comercial. Apesar de ter um custo maior que o home office, esse valor acaba sendo visto como um investimento na empresa.


Além disso, o coworking também é considerado um movimento cultural. Uma forma de expressão de uma geração empreendedora que valoriza conceitos como economia compartilhada, sustentabilidade e cocriação.


No Brasil já existem mais de 810 espaços de coworking espalhados pelo país.


Benefícios:

- Oportunidade de fazer novos contatos -

Trabalhar em um espaço compartilhado onde diferentes áreas se unem pode abrir portas para novas parcerias. Você está em um ambiente cercado por clientes ou fornecedores em potencial. Bons espaços também possuem áreas comuns, onde você encontra seus colegas e pode tirar aquela dúvida rápida sobre o contrato, ter uma opinião sincera sobre o visual do seu site ou até mesmo ter uma bela visão da sua empresa.


- Não se preocupe com a manutenção -

Os profissionais compartilhados contam com a limpeza frequente da organização do ambiente, não tendo que perder tempo com atividades de manutenção do espaço.


Questões como resolver problemas de limpeza, comprar materiais, luz e água, resolver contas de telefone, vazamentos e todas as outras coisas que exigem muita paciência também são resolvidas por meios. Como áreas de uso comum e comunitário de políticas de uso bem desenhadas. Os armários e utensílios de cozinha são orientados em armários e utensílios de cozinha.


- Zero, chegou e começou -

Ao contrário de quando você aluga uma sala comercial, em um escritório compartilhado, os imóveis são quase zero. Você provavelmente pode começar a trabalhar no mesmo dia em que visitar o local. contrato ou contrato compatível com opção com ou sem período de fidelização, não sendo exigido fiador ou seguro. Outra vantagem dos espaços colaborativos são os planos flexíveis. Você pode escolher mais cedo e pagar apenas alguns dias por semana ou uma hora ocasional.


- Escalabilidade -

Essa é uma palavra difícil. Na prática, você não está necessariamente preso à mesma estrutura que o contratou inicialmente. Da noite para o dia, sua empresa consegue passar de uma cadeira compartilhada eventualmente para uma sala privada por um tempo de 10 ou 15 pessoas, por exemplo. Também consegue reduzir o espaço contratado, caso seu projeto diminua de escopo.


- Compartilhamento de escritório: um modelo alternativo -

A maioria dos espaços de coworking investem no visual cool para o ambiente. É o tipo de decoração que seria caro demais para um home office, e está longe do perfil de um escritório tradicional. Muitos espaços utilizam o conceito de open space, famoso por empresas de tecnologia como Google e Facebook. Alguns espaços, máquina de café, picadora de fruta e outras comodidades.


- Localização estratégica que faz sentido -

Por mais que os primeiros espaços de trabalho da cidade se concentrem principalmente nas zonas de trabalho da cidade, não necessariamente porque se expandirão para regiões estratégicas e com grande número de empresas. Ou cidades, ao longo do tempo, como uma rede amigável para todas as regiões, permitindo que você chegue ao trabalho rapidamente de transporte público, bicicleta ou até mesmo para trabalhar em todas as regiões.


Considere cuidadosamente:

- Para quem não precisa de silêncio total -

Não que todos os espaços sejam iguais, mas quando você junta pessoas diferentes trabalhando em projetos diferentes, é natural. Cada espaço trata dessa questão de forma diferente. Em alguns é permitido usar o telefone no meio do ambiente, em outros é preciso ir a uma sala de reunião ou até mesmo a um jardim para usar o telefone.


Com eles acabam se tornando mais acessíveis ou amigos, e já são mais fáceis de serem alcançados ou amigos, e já conhecidos como mais fáceis de serem acessíveis ou amigos do tempo. É possível trabalhar com fones de ouvido profissionais com cancelamento de ruído, mas para isso ele deve manusear bem ao trabalhar ouvindo música. Em alguns lugares, são criados espaços para o silêncio, como no Google Campus, em São Paulo.


- Você precisa pensar em como organizar -

Existem espaços partilhados onde os clientes utilizam horários e/ou diárias Se você optar por este modelo, precisará guardar seus objetos em armários ao final do dia, ou então terá o incômodo de carregar e trazer seu computador e papéis diariamente. Como muitas pessoas armazenam todas as suas informações apenas no computador ou na nuvem, isso acaba sendo um problema menor de acordo com o perfil do usuário.


- Nem sempre é o que parece -

Por se tratar de um modelo muito novo no Brasil, há muitos espaços experimentando o negócio e abrindo espaços de coworking de forma um tanto aleatória. espaços que, apesar de terem “coworking” no nome, no final das contas nada mais são do que um punhado de mesas e cadeiras numa sala. Se a empresa não investir na criação de uma comunidade vibrante de profissionais e na manutenção de uma estrutura de qualidade para seus colaboradores, talvez sua experiência possa ser um pouco decepcionante. Por isso é importante visitar espaços diferentes e encontrar aquele com a vibe mais parecida com a sua.


Dica: você pode conhecer os espaços de coworking Multioffice em Recife, Olinda e Paulista-PE


- Centros de negócios e escritórios virtuais -

Os chamados centros empresariais são condomínios que agrupam várias empresas em um mesmo prédio. Assim como nos espaços de coworking, a burocracia geral do edifício é pequena e a infraestrutura é compartilhada, distribuindo o custo entre os proprietários. A principal diferença está em manter a individualidade de cada empresa; alguns espaços incluem entradas separadas.


São ideais para empresas que precisam manter uma estrutura de apoio mais formal e importante, como uma secretária que cuida da agenda, atende muito o telefone e organiza muitas reuniões de alto padrão e localização de técnicos na cidade. A infraestrutura muitas vezes muda o preço em relação às opções que já apresentamos, mas é o que mais se aproxima de um negócio tradicional.


O escritório virtual só é contratado para que a empresa tenha uma sede em alguma cidade para atender o telefone e receber correspondências. O termo pode ser considerado como um serviço oferecido por diferentes tipos de coworkings, um local que pode ser uma sede sem necessariamente precisar da presença do empreendedor ou equipe.


Benefícios:

- Mais caro que “minha empresa” -

Uma das principais características dos condomínios empresariais é a possibilidade de maior personalização e senso de identidade que oferece o ambiente com mais características da “minha empresa”. Em alguns estabelecimentos é permitido pintar as paredes e colocar uma marca em local visível. Os clientes nem percebem que não é o seu próprio espaço. Também é possível reservar um espaço para funcionar como inventário, algo que os espaços de coworking em geral não estão preparados para lidar.


- Primeira sede em outro estado -

É bastante comum que empreendedores de outra cidade estejam utilizando um negócio virtual para estabelecer uma sede formal em outro estado, outra região do país ou no exterior. Nesta modalidade, é possível ter um número de telefone com código de área local para contato com clientes e fornecedores, além de receber pessoas ocasionalmente em um espaço que não fica fechado por longos períodos enquanto não é utilizado.


- Espaço para atendimento e reuniões -

Este item também é oferecido por coworkings; a diferença é que os espaços comumente chamados de escritórios preferenciais contarão com salas de reunião e equipamentos de videoconferência de última geração, já que estão preparados para o local de trabalho preferido dos executivos em viagem.


Alguns EVs têm plenário, executivo e recepção com café ou outras guloseimas para os clientes enquanto esperam. Advogados e consultores costumam usar o espaço alugado como salas de hora em hora para atender os clientes. Já utilizam salas baseadas em outras localidades como salas executivas para despachar e servir de base para empresas na rua.


- As secretárias atendem o telefone dizendo o nome da sua empresa -

Nos escritórios virtuais, você recebe um número de telefone exclusivo quando assina um plano. A equipe do escritório entrevistará a empresa para conhecer seus processos de trabalho e adequar o atendimento ao perfil da sua empresa, inclusive atendendo o telefone ao dizer o nome da sua marca.


As mensagens serão copiadas e enviadas por SMS, whatsapp... e a correspondência será enviada para um anotado de sua escolha. É certo que, os profissionais e empresários que buscam essa modalidade, têm grandes esperanças de que o cliente não note sobre a infraestrutura alugada, dando a impressão de acesso aos profissionais. Isso daria mais credibilidade ao negócio, principalmente a economia e eles não estão em fase inicial, podendo investir em grandes áreas para um espaço. Além disso, é uma boa opção para quem não tem equipe na cidade e trabalha apenas online.


- Privacidade -

Fácil a partir do plano que você escolher, é possível ter uma divisão clara entre o seu espaço e as demais empresas. É um nível de privacidade e segurança que os espaços de coworking nem sempre conseguem oferecer devido à natureza do modelo. Hoje já é comum encontrar salas privativas também em espaços de coworking, mas a lógica de funcionamento é diferente. Se a sua empresa tem um público, por exemplo, você poderá se manter anônimo com mais facilidade em um ambiente corporativo do que em espaços abertos de coworking.


- Localização em zonas centrais com bom valor acrescentado -

O conceito de escritório virtual é um ambiente menos informal e mais parecido com a sede corporativa. Por isso, os escritórios são os que seguem seu perfil para lançar seus projetos nas áreas mais centrais ou visitas a empreendimentos com maior porte financeiro para que os clientes possam chegar a esse perfil com um endereço que chame a atenção no seus meios de divulgação.


considere cuidadosamente

- Valores mais altos que outros modelos -

Essa não é a opção para quem quer economizar, se vier de espaços como coworking e home office, mas pode ser um ótimo negócio para quem precisa estar em acordos com a cidade, onde o aluguel e toda a aglomeração os custos costumam ser exorbitantes.


- Os dois lados da moeda -

Embora essas modalidades proporcionem um tipo interessante de privacidade e individualidade para as empresas, eles também acabam isolando uns aos outros. São poucos os espaços do tipo que investem em eventos sociais entre os membros e podem construir grandes redes para troca de experiências profissionais. Se você é independente, pode acabar se sentindo um pouco solitário.


- Escritório próprio -

Alugar ou comprar um aparelho para exercer uma profissão ainda faz parte do imaginário de muitos profissionais, mas aos poucos os mitos estão sendo dissolvidos. Portanto, ainda faz sentido optar por essa opção, mesmo quando a personalização é totalmente ecológica. Nesse caso, você pode procurar uma imobiliária e ter um caso de aluguel (como fiadores, capitalização ou seguro) ou algum título de garantia, não podendo oferecer a totalidade dos recursos, possibilidade de financiamento ou compra.


Benefícios:

- Espaço para reunir todos os colaboradores de uma grande empresa -

Muitos coworkings e escritórios virtuais têm um bom desempenho no dimensionamento de posições de trabalho, se necessário. No entanto, para equipes de catering, o escritório pode ser viável se houver a intenção, por exemplo, de construir um refeitório com produção no local ou trazer uma grande quantidade de equipamentos para o canteiro de obras.


- Personalização completa do ambiente -

Na hora de comprar um imóvel para paredes, construa os cômodos que podem ser construídos, troque as estruturas para o ambiente e até mesmo mude as estruturas para o ambiente e até insira suas próprias paredes. Por exemplo, profissionais de educação física que, além de uma mesa de trabalho, máquinas de exercícios, podem se beneficiar da personalização total do espaço. Se você precisa de equipamentos de busca compartilhados, a melhor opção de coworking para o seu tipo de trabalho.


- Estabilidade em relação ao endereço -

Investir em um escritório, mesmo sendo mais caro, pode trazer maior estabilidade no próprio endereço ao sentimento do proprietário. Embora seja improvável que coworking ou uma empresa virtual feche da noite para o dia, a gestão empresarial da infraestrutura não compete aquele que utiliza o serviço. Uma boa solução neste caso é um local que aceite contratos mais longos.


- Quero que os clientes me procurem espontaneamente ao passar na rua -

Alguns tipos de profissionais, como estilistas, artistas plásticos e fabricantes de diversos tipos, além de um local de trabalho, têm seus produtos expostos em vitrines. Outras vezes, a expectativa de que o cliente deve entrar não é porque ele está interessado em algo quando passa na rua ou que sua marca seja revelada em um grande letreiro. Nesse caso, alugar ou comprar uma sala comercial pode ser um bom negócio.


Considere cuidadosamente:

- Custo alto -

Se o escritório virtual for uma categoria de alto ambiente compartilhado, esse fator tende a ser maior com o aluguel ou compra de espaço próprio. As despesas salariais e trabalhistas de recepcionistas, pessoal de limpeza, segurança, luz, água, impostos e manutenção podem superar as expectativas.


- Preparação do jogo -

Você pode optar por alugar e pintar paredes, instalações elétricas para novos equipamentos, colocar carpete ou qualquer outra modificação no espaço, você pode optar por um aluguel adicional com a execução do serviço, você também tem que ser cobrado pelo serviço, você também tem que ser onerado pela forma como você o recebeu. É importante que sua empresa esteja preparada para esse custo. Este é um requisito comum em quase todas as empresas imobiliárias.


- Um modelo burocrático -

Além do longo contrato, com custos de saída, você também começa com um contrato alto. As imobiliárias costumam pedir garantias financeiras que variam de 3 a 10 vezes o valor do aluguel mensal. Você também precisa pensar em móveis, logística de limpeza, provedores de internet/luz, etc. Se você precisa de um endereço de mudança mais completo ou precisa de um espaço de endereço completo.


Leia também:

Endereço Fiscal? O que é e como escolher para sua empresa


Quanto custa cada opção de espaço?

Bem, claramente esta não é uma questão simples de resolver. Cada área da cidade, cada estrutura de espaços variáveis ​​de preço, vantagens e país.


Você pode trabalhar em um espaço de coworking que tem uma taxa mensal mais alta, mas fica a apenas alguns quarteirões de sua casa, economizando tempo e transporte. Ou você pode alugar seu próprio espaço com um corretor de imóveis que oferece uma reforma inicial de baixo custo, mas exige a localização de sua casa ou de seus clientes.


- Custo para montar um home office -

Aqui a principal dica é levar em conta que você ficará mais tempo em casa do que antes. Todos os custos sobem, sem exceção, tendendo a subir sem que você perceba. É que você mesmo pode limpar sua casa e está começando com móveis de design ou 100 MB de internet, mas não precisa ficar claro em consideração que quanto mais confortável você estiver, melhor fará mais trabalho. Por isso consideramos pelo menos o uso diário de ar condicionado e a aquisição de um bom par de mesa e cadeira.


- Alugar um escritório compartilhado ou espaço de coworking -

Nesse caso, consideramos os chamados planos full-time, nos quais você terá acesso ilimitado ao espaço. Embora seja provável que exista um espaço perto da sua casa, também consideramos que necessita de levar pelo menos um transporte para chegar ao espaço. Usamos a maioria dos valores para uma pessoa, mas a maioria dos espaços oferecidos são médios à medida que mais pessoas da empresa ingressam.


- Invista em um business center ou escritório virtual -

Não consideramos a modalidade virtual porque, bem, é virtual. Ou seja, você não pode frequentar o espaço, basta ter uma representação. A maioria das modalidades importantes estão localizadas em avenidas, em grandes shopping centers, ou que encarecem a mensalidade. Considere também, se você usar seu próprio carro, que você precisa de um lugar para estacioná-lo. Em algumas regiões, com esse valor é possível alugar um quarto para duas pessoas. Pode ser interessante dividir os custos.


- Custo de aluguel com escritório próprio -

Este é o mais difícil de estimar, pois pode escalar muitas variáveis. Consideramos um pequeno escritório de 50 m² em uma boa área, mas fora das avenidas. Pode ser um ótimo espaço para um pequeno período de até 4 pessoas, mas considere que você não terá um espaço reservado para receber seus clientes. Tenha também em mente os custos indiretos envolvidos. Estes podem ser multas de rescisão, custos de aposentadoria (entrada e saída), seguro de fiança, etc.


Leia também:

O que é Endereço Fiscal e qual a importância para a sua empresa!

Como escolher o espaço de trabalho ideal?

No final das contas, a decisão sobre qual espaço adotar depende muito de quando sua empresa é empreendedora e do que você acredita ser o ideal para que ela continue crescendo. Você deve se fazer algumas perguntas para ajudá-lo a tomar sua decisão:


  • Quanto tempo entre a ideia e a espera chave na mão?

  • Tenho financiamento semente disponível para investir no espaço?

  • Precisa de localização de prestígio?

  • Que tipo de imagem você quer transmitir aos meus clientes?

  • Quantas pessoas vão trabalhar comigo?

  • Essas pessoas podem me ajudar com os custos ou são funcionários?

  • Como é o acesso ao transporte no espaço público? E um estacionamento?

  • Preciso isolar minhas informações ou trocar experiências com colegas?

  • E se precisar trocar? Qual o custo e a burocracia para fechar o contrato?


Pensando nisso, algumas sugestões nossa:


Minha empresa é jovem, poucas pessoas e não tenho certeza se vai dar certo.

Se você é novo no mercado, ainda não tem um conjunto de clientes e fluxo de caixa, ou mesmo se é uma aventura de meio período que pode dar frutos no futuro:


Fique sempre em seu home office (você ou sua agenda) e tente frequentar espaços de coworking para fazer novos contatos. Talvez uma ou duas vezes por algumas horas, em vários espaços, ajude distribuir alguns cartões de visita e acompanhar o controle.


Os negócios vão bem, mas preciso conhecer novos parceiros, conquistar mais clientes, aprender com quem já esteve no meu lugar e respirar inovação

Neste caso, o seu espaço é, sem dúvida, um espaço de coworking. Mas pense bem, não é só porque tem coworking no nome que o espaço realmente pratica o coworking. Lembre-se: espaço é diferente de comunidade. Visite o maior número possível de espaços e veja como os administradores incentivam o networking. Eles promovem eventos de integração? O espaço tem um bom ambiente para você tomar um café com seus colegas? O espaço tem uma vibe com a qual você se identifica?


A empresa está crescendo com precisão para transmitir uma imagem mais profissional aos meus clientes e ter um ambiente de trabalho mais preciso.

Duas opções aqui: se você está procurando um tempero mais criativo e inovador para sua empresa, novamente um espaço de coworking vai ajudar nisso. Você pode conseguir uma mesa no meio da multidão, usá-las como ótimas salas de reunião para convidar seus clientes e abusar dos ótimos com conexões de internet. Alguns espaços também podem abrir salas privativas, ou aquela integração na comunidade sem utilizar o seu espaço.


Agora, se você e seu cliente valorizam mais espaços na cidade, espaços planejados, no alto padrão da empresa, centros de negócios e escritórios virtuais certamente são a escolha ideal. Agora você tem um espaço ideal para atender clientes que valorizam o executivo. Você pode mover toda a sua empresa para lá ou apenas usá-la como salas de reunião eventualmente.


Temos uma equipe, agora precisamos escalar

Se você calcular um tamanho de tempo mais sazonal, um centro de negócios pode ser mais adequado, especialmente se você tiver grandes dimensões (por exemplo, 5 a 15 e voltar a 5).


Se você escala rapidamente (da noite para o dia), talvez um espaço de coworking seja ideal, pois mesmo que você precise esperar um pouco para aumentar sua sala privada, sempre há a opção de mesas compartilhadas precisas onde seu novo colega pode começar rapidamente. .


Adaptar uma grande equipe e os valores da cultura interna

É aqui que começa a fazer sentido alugar o seu próprio espaço. Se sua empresa já iniciou uma cultura interna forte, você já tem uma quantidade bastante significativa de tempo e isso pode ser dito. Talvez montar seu negócio em uma sala comercial privada o ajude a aproveitar ao máximo a cultura do seu tempo e, mesmo que isso signifique fechar uma visão externa, pode fazer sentido.


Outra vantagem, que pode aumentar o tamanho do seu tipo de agendamento, pode ser significativamente maior para o próprio escritório. Mas é sempre bom lembrar que escolher um espaço de trabalho é muito mais do que calcular o custo por pessoa.


Minha empresa trabalha com informações muito importantes

Se você trabalha em seu escritório, ou trabalha com informações que normalmente não são espaços compartilhados para espionagem industrial compartilhada. É que nesses espaços ninguém ficará evidente em seus papéis ou espionando você por cima do ombro, mas quando seu negócio é de fato de espionagem industrial, é recomendável usar redes compartilhadas nas quais você tem total controle. Da mesma forma, se você vai ter Bono Vox em seu escritório, ele provavelmente não vai gostar de tirar fotos com todos os seus colegas no local.


Ficam as dicas: Escritórios Virtuais para representação jurídica da empresa e procure a sede do cliente ou até mesmo monte centros de negócios onde você tenha liberdade para toda a sua rede de internet por conta própria.


Ter seu próprio escritório é claramente o formato ideal nesse contexto, pois você pode formatar todo o ambiente para ser o mais seguro e discreto possível.


P.S.: quando falamos de espionagem industrial, estamos nos referindo àquela em que alguém informa diretamente a empresa. Se você não é um alvo específico, apenas seguir algumas dicas simples pode manter suas informações seguras ao ar livre.


Interesse das pessoas nos últimos 3 anos

Com o negócio 100% digital, todos os anos surgem os temidos modelos de trabalho remoto. O interesse dos escritórios em escritórios e espaços de trabalho virtuais teve um forte crescimento recentemente, enquanto os aluguéis de escritórios e centros de negócios permanecem relativamente estáveis.

Resumindo e falando sobre imparcialidade

À medida que construímos este material, tentamos ser o mais francos e imparciais possível. É evidente que, sendo um projeto do Coworking Brasil, temos uma certa tendência a esse modelo. Mas não porque ganhamos algo com isso, mas porque pensamos sobre isso. o potencial do seu espaço de trabalho que o coworking como cultura tem para revolucionar a empresa.


No entanto, também fica claro para nós que o modelo é específico para o seu negócio e, em alguns casos, determinados tipos de ambiente são mais adequados. O que pretendemos com este guia é fazer um levantamento de cada modelo e disponibilizar essas informações para a nova geração de empreendedores brasileiros.


Este material é uma grande ajuda para sua empresa. Não para o seu ego ou ego de seus concorrentes, mas para o seu negócio.


Você já teve experiência com algum desses modelos? O que é ou não é tempo de ser para o outro? Deixe um comentário compartilhando suas experiências para que outros possam aprender com você.


Somos empresa associada: Associação Nacional de Coworking e Escritórios Virtuais